Polícia Civil



Inaugurada Novas Instalaçőes da Delegacia Geral de Polícia
 

Após reformas, as novas instalaçőes da Delegacia Geral de Polícia “Dr. Mauricio Henrique Guimarăes Pereira” foram entregues na manhă desta terça-feira, 28 de dezembro. O 9° andar do prédio situado na Rua Brigadeiro Tobias, 527, comporta o gabinete do delegado geral, do delegado geral adjunto, das respectivas divisőes e assistęncias.

Durante a solenidade de entrega da obra de readequaçăo da DGP uma grande homenagem foi rendida ao delegado que dá o nome ŕquela diretoria. Mauricio Henrique Guimarăes Pereira exerceu o cargo de delegado geral no ano de 1983. Devido ŕ lei n° 10.954 de 08/11/2001, de autoria do entăo deputado estadual Paulo Teixeira (hoje deputado federal), a DGP ostenta o nome do delegado como homenagem ao grande profissional que foi.

O dirigente da Assistęncia Policial de Comunicaçăo Social (APCS), Rui Baracat Guimarăes Pereira, filho do homenageado, falou sobre a honra e satisfaçăo de ter o nome de seu pai ŕ frente da Delegacia Geral de Polícia. “Trata-se de uma homenagem ŕquele que moldou meu caráter, despertou minha vocaçăo, ensinou-me a viver”. O ex-delegado geral teve quatro filhos que seguiram a carreira de Direito, sendo que todos eles começaram trabalhando na Polícia Civil. Hoje, dois de seus filhos, Rui e Rodrigo Baracat Guimarăes Pereira seguem a carreira de delegado de polícia, e Maurício e Pedro trabalham na magistratura e Ministério Público.

O delegado geral Domingos Paulo Neto falou sobre suas prioridades ao assumir a DGP há um ano e oito meses, sendo que uma delas era a realizaçăo de uma reforma no 9° andar para que pudesse adequar uma homenagem ao delegado Maurício. “O objetivo de qualquer homenagem é demonstrar o respeito ŕ honra de quem se homenageia para que sirva de exemplo aos que ingressam, de incentivo aos que caminham e de grata lembrança ŕqueles que já cumpriram o seu trajeto”.

Durante seu discurso, Domingos Paulo Neto apontou algumas das conquistas da Polícia Civil durante sua gestăo, como o aumento de 700% da rede de abrangęncia do Registro Digital de Ocorręncias que saltou de 71 para 643 municípios, estabelecimento de regras que permitem um maior controle na escolha de candidatos ao ingresso na carreira de policial civil por meio do sistema ethos, seccionalizaçăo dos concursos públicos, ingresso obrigatório no plantăo policial, resgate do brasăo da Polícia Civil como único símbolo a representar a instituiçăo, retorno das cores preta e branca nas viaturas policiais, entre outras importantes realizaçőes.

A esposa do homenageado, Leila Baracat Guimarăes Pereira, recebeu flores e ao lado de seu filho Rui ajudou a descerrar a placa com a imagem do ex-delegado geral. Já a placa de inauguraçăo da DGP foi descerrada pelo delegado geral, o secretário adjunto da Segurança Pública, Arnaldo Hossepian Salles Lima Junior e o deputado federal Arnaldo Faria de Sá.

Estiveram presentes na solenidade o deputado federal Paulo Teixeira; a deputada estadual Célia Leăo; o deputado estadual Carlinhos Almeida; o delegado geral adjunto, Luiz Eduardo Pascuim; os delegados do Conselho da Polícia Civil; desembargadores, políticos, policiais civis, familiares e convidados.

 Por Silvia Freitas